30/11/2017

Márcio Jerry

 

 

Márcio Jerry assume uma saída perigosa ao desqualificar a operação da Polícia

“Os ataques do esquema Sarney a mim se intensificam quanto mais se amplia o leque de forças políticas que se somam ao projeto de reeleição do governador Flávio Dino. Mídia de José Sarney coordena uma narrativa absurda tentando todos os dias atingir o governo que está mudando a história do MA. Nesse tiroteio, me elegeram como alvo. Mentiras atrás da outras, repetidas e em diferentes versões. Por que tanto ódio e perseguição da oligarquia?”, diz Márcio Jerry (foto abaixo) numa tentativa frustrada de provar aquilo que não é: inocente.

Calado por alguns dias e vendo a operação “Pegadores” chegando aos seus calcanhares, o secretário Márcio Jerry encontrou uma saída nada sábia para dizer que não tem envolvimento com o desvio de recursos da saúde.

Ao invés de se defender e acusar de mentirosos os que falam em seu nome e garantem que ele sabia das propinas, na maior cara dura se volta contra quem divulga as interceptações telefônicas e até mesmo quem as fez, no caso a Polícia Federal.

Agindo assim, Jerry mostra claramente que não teme denúncias, não considera o trabalho feito pela Polícia Federal, e que seu lugar é acima da lei. Se achando o dono do Maranhão, ele politiza a operação que apurou sua turma metendo as mãos no jarro, fazendo do governo comunista o prosseguimento das ladroagens da gestão roseanista.

Postar um comentário

Discurso do presidente Bolsonaro

POLÍTICA 'Poder popular não precisa mais de intermediação', diz Bolsonaro no discurso da diplomação Para presidente eleito, ...