Compartilhar no WhatsApp

17/04/2018

Anvisa proíbe suplementos para importância


Anvisa proíbe suplemento nutricional e remédio para impotência

Ambos os produtos alegavam ter benefícios à saúde que não foram comprovados. Venda delas já está proibida no Brasil

Por Da Redação

Cuidado para não ser enganado! A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda dos produtos Lavita Caps e Viagra Masterpor alegarem conferir benefícios à saúde para os quais eles não têm qualquer comprovação. É mole?!


Comecemos pelo Lavita Caps. Vendido pela internet, essa espécie de suplemento seria feita a partir da moringa oleífera, uma planta originária da Índia. E as promessas são as mais diversas: da prevenção de doenças cardíacas ao emagrecimento.

O problema é que nenhuma dessas supostas vantagens foi corroborada com estudos junto à Anvisa. E não dá para confiar em um produto qualquer que não ateste suas virtudes.


Já o Viagra Master, como o próprio nome sugere, incendiaria as relações sexuais. De acordo com os sites de venda, ele combateria a impotência, além de aumentar a libido e a fertilidade. Novamente, o item não possui registro no governo.

Ambos os produtos devem perder força no mercado online. Ainda assim, se trombar com um deles, lembre-se: não existe qualquer prova de que eles funcionem (ou mesmo de que são seguros)

Postar um comentário

Ministra Cárme Lúcia afirma o caminho é Democracia

“Democracia é o único caminho”, afirma Cármen Lúcia sobre crise A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, durante sessão em...